Medo de gato - Blog Viiish

26 de agosto de 2020

Medo de gato


Medo de gato

Se fosse um ladrão, cachorro ou sei la o que, não teria passado nada... mas um gato chegando na capoeira voadora louca, ai não tem como

2 comentários:

  1. MEDO DE GATO
    Roberto J. Fraga Moreira

    Algumas pessoas têm um pavor terrível de gatos, o que não dá para entender direito. Seria o medo que furassem os seus olhos, devido a péssima fama de serem bichos traiçoeiros? Ou em razão da história registrar que são de mau agouro?

    Pelo que sei, nos tempos obscuros da Idade Média as superstições predominavam e as pessoas se referiam somente aos felinos da cor preta. Pode ser ainda decorrente do fato que as pretensas bruxas sempre tinham um por perto enquanto manipulavam as misteriosas poções maléficas. Talvez por causa dessas crendices antigas os pobres bichanos possuam essa má fama até os dias de hoje.

    Admito que provoquem alergias respiratórias, asmas, toxoplasmose, micose e outras doenças, mas se forem levados regularmente ao veterinário, vai dar para conviver com eles numa boa. Afinal, os demais bichinhos também transmitem doenças, inclusive os frágeis e inocentes passarinhos.

    Portanto, não sejamos radicais, considerando que em relação aos demais levam muitas vantagens por serem dóceis, quietos, higiênicos e grandes caçadores de ratos e baratas, tornando-os de grande utilidade para as mulheres e alguns homens que também morrem de medo de insetos e roedores.

    ResponderExcluir
  2. MEDO DE GATO
    Roberto J. Fraga Moreira

    Algumas pessoas têm um pavor terrível de gatos, o que não dá para entender direito. Seria o medo que furassem os seus olhos, devido a péssima fama de serem bichos traiçoeiros? Ou em razão da história registrar que são de mau agouro?

    Pelo que sei, nos tempos obscuros da Idade Média as superstições predominavam e as pessoas se referiam somente aos felinos da cor preta. Pode ser ainda decorrente do fato que as pretensas bruxas sempre tinham um por perto enquanto manipulavam as misteriosas poções maléficas. Talvez por causa dessas crendices antigas os pobres bichanos possuam essa má fama até os dias de hoje.

    Admito que provoquem alergias respiratórias, asmas, toxoplasmose, micose e outras doenças, mas se forem levados regularmente ao veterinário, vai dar para conviver com eles numa boa. Afinal, os demais bichinhos também transmitem doenças, inclusive os frágeis e inocentes passarinhos.

    Portanto, não sejamos radicais, considerando que em relação aos demais levam muitas vantagens por serem dóceis, quietos, higiênicos e grandes caçadores de ratos e baratas, tornando-os de grande utilidade para as mulheres e alguns homens que também morrem de medo de insetos e roedores.

    ResponderExcluir